BLOG

Conservatório de MPB forma 20 mil alunos em 25 anos de história

Conheça Curitiba

O Coral Brasileirinho abriu as comemorações em homenagem aos 25 anos do Conservatório de MPB de Curitiba e de formação do grupo, na manhã d0 último dia 20. O prefeito Rafael Greca, que inaugurou o Conservatório de MPB em sua primeira gestão, celebrou com as crianças as conquistas e o resultado de todos esses anos voltados à pesquisa e desenvolvimento da MPB na cidade. Em 25 anos de existência, o Conservatório de MPB já formou 20 mil alunos e mudou a cadência no Largo da Ordem.

Emocionado, Greca relembrou a inauguração com emblemáticas mulheres da música brasileira. “Eu me lembro daquele dia de outubro, quando ao lado de Margarita, de Zica da Mangueira, viúva do Cartola e de Nhá Gabriela, viúva do Belarmino, nós viemos encontrar as crianças do Coral Brasileirinho. O motivo foi o mesmo pelo qual estou aqui hoje, a celebração da grande escola de música de Curitiba”, afirmou.

Conservatório de MPB -Lucília Guimarães SMCS

Formação
As salas de aula do espaço já abrigaram mais de 20 mil alunos durante todos esses anos, divididos em cursos nas áreas de instrumento, canto, estruturação musical, didática e história da música, ao lado de diferentes práticas de conjunto e aulas teóricas.

Esse número foi anunciado pela presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro. “Esta foi a primeira escola de MPB do país. Foi aqui que a pesquisa e o desenvolvimento da música popular encontrou seu lugar na cidade. Agora temos que comemorar, porque o Conservatório conseguiu com dinâmica ímpar superar seus objetivos iniciais”.

Também se apresentou na abertura da maratona musical, o Grupo Brasileiro, formado por jovens que já participaram do Coral Brasileirinho. Milton Karam, diretor artístico dos grupos comentou comovido sobre a cerimônia. “Ver os dois corais no palco, essa continuidade de gerações é um privilégio. É muito legal ver o quanto crescemos e evoluímos enquanto grupo”, disse.

O Conservatório de MPB tem ainda a manutenção de outros três grupos artísticos que são referência no cenário musical nacional: a Orquestra À Base de Corda, a Orquestra À Base de Sopro e o Vocal Brasileirão. Todos participaram das comemorações de aniversário durante a programação do final de semana.

“São inúmeros artistas reconhecidos nacional e internacionalmente que tiveram em suas trajetórias musicais o Conservatório como fonte. Por isso, devemos comemorar muito essa política contínua de investimentos na formação de artistas em nossa cidade”, afirmou Marino Galvão Jr., diretor executivo do Instituto Curitiba de Arte e Cultura.

Participaram também da comemoração a Secretária Municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, o diretor administrativo e financeiro, Cristiano Morrissy, o diretor de ação cultural, Beto Lanza, e a coordenadora de música do Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Janete Andrade.

Histórico
O Conservatório de Música Popular Brasileira surgiu com a revitalização do Setor Histórico da cidade de Curitiba. O objetivo da restauração foi reciclar e valorizar prédios históricos que estavam sem uso. Um destes prédios era o antigo sobrado dos Guimarães, construído em 1897 para servir de residência à família de Manoel Antonio Guimarães Neto.

O último uso do prédio foi quando abrigou o Hotel do Machado que sofreu um incêndio em 1979. Adquirido pela Prefeitura de Curitiba na década de 80, o imóvel passou por obras de restauração que tiveram início em 7 de julho de 1992. O Conservatório de MPB foi inaugurado em outubro de 1993, trazendo animação e música para o setor histórico da cidade.

Data: 25/10/2018
Fonte: Fundação Cultural de Curitiba