BLOG

Museu Paranaense seleciona três projetos expositivos para Espaço Vitrine

Novidades

O Museu Paranaense (MUPA) recebeu 26 propostas expositivas no I Edital de Ocupação do Espaço Vitrine, aberto de 20 de janeiro a 1º de março deste ano. Foram selecionados três projetos: “Como fazer um buraco em uma pedra com uma colher”, de Érica Storer de Araújo (1º lugar); “Agrocorpus”, de Rodrigo Pedro Casteleira (2º lugar); e “Finalmente Museu!”, do CLUBE (3º lugar). Como suplente, foi selecionado o projeto “Ruínas do (ex)paço”, do coletivo Treze01. As propostas serão apresentadas entre 2020 e 2021, conforme calendário a ser definido pelo MUPA.

A seleção foi realizada por uma Comissão Julgadora formada por dois membros do Museu Paranaense e três representantes da sociedade civil convidados pelo museu: a artista, pesquisadora e professora universitária Roberta Stubs, o artista visual Silvio De Bettio, e a jornalista, curadora e produtora Rafaela Tasca. As propostas foram avaliadas com base em sua contemporaneidade e relevância; adequação ao Espaço Vitrine; relação com as áreas de atuação do MUPA e com a proposição “Sinal dos Tempos”; viabilidade técnica e de produção; e clareza e coerência da proposta.

PRÓXIMOS PASSOS – Os selecionados receberão por e-mail a relação de documentos a ser preenchida e enviada até o dia 27 de abril de 2020. Os arquivos deverão ser encaminhados para  museupr@secc.pr.gov.br. Caso o proponente não encaminhe todos os documentos até a data definida, o projeto será desclassificado.

Ao projeto suplente será solicitado por email o envio da documentação, caso um dos três primeiros selecionados não cumpram as exigências previstas no I Edital de Ocupação do Espaço Vitrine.

JURADOS – Confira o currículo dos profissionais convidados para compor a Comissão Julgadora do I Edital de Ocupação do Espaço Vitrine:

Roberta Stubs é artista, pesquisadora e professora universitária. Vive e trabalha em Maringá-PR. Sua pesquisa envolve processos fotográficos e filosofia da diferença. Com trabalhos em fotografia, vídeos e objetos, insere a questão da experiência no lugar da representação, tensionando noções relativas ao tempo, memória, corpo e subjetividade em operações de apagamento, deslocamento e ampliação dos contornos do “sujeito universal”. É doutora pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e docente de Artes Visuais da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Silvio De Bettio é artista visual,

vive e trabalha em Curitiba-PR. É bacharel em Gravura (2013) pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP), pós-graduado em História da Arte Moderna e Contemporânea (2008) e em Poéticas Visuais (2015) na mesma instituição. Também é formado em Direito (1991) pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Rafaela Tasca é jornalista formada pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e pós-graduanda em Gestão e Políticas Culturais pelo Itaú Cultural (Brasil) e Universidade de Girona (Espanha). Seu trabalho como curadora e produtora destaca-se pelo desenvolvimento de projetos de arte contemporânea e programas institucionais. Foi parecerista do Ministério da Cultura e de programas culturais na região sul. Atualmente é coordenadora do Espaço Cultural BRDE – Paraná.

SERVIÇO

Resultado do I Edital de Ocupação do Espaço Vitrine

1º lugar: “Como fazer um buraco em uma pedra com uma colher” de Érica Storer de Araújo

2º lugar: “Agrocorpus” de Rodrigo Pedro Casteleira

3º lugar: “Finalmente Museu!” de CLUBE

4º lugar (suplente): “Ruínas do (ex)paço” do coletivo Treze01

Prazo para envio de documentos: 27 de abril de 2020

Endereço de envio: museupr@secc.pr.gov.br

 

Museu Paranaense
www.museuparanaense.pr.gov.br

Facebook e Instagram: @museuparanaense

 

Fonte: Divulgação

Veja Também