BLOG

Curitiba participa de projeto-piloto de Destinos Inteligentes

Novidades

Curitiba dente as 10 cidades brasileiras selecionadas para participar do projeto-piloto de implantação de Destinos Turísticos Inteligentes (DTIs).

A iniciativa dos Destinos Turísticos Inteligentes (DTIs) é fruto de um acordo de cooperação técnica entre o Ministério do Turismo e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. O projeto é pioneiro no país e busca definir um formato nacional para a criação de DTIs.

Os municípios foram selecionados a partir de critérios como conectividade, disponibilização de internet pública gratuita e índices de empreendedorismo e de desenvolvimento humano, entre outros. Para o projeto, foram selecionadas 10 cidades brasileiras, sendo duas de cada região: Rio Branco/AC e Palmas/TO (Norte); Recife/PE e Salvador/BA (Nordeste); Campo Grande/MS e Brasília/DF (Centro-Oeste); Rio de Janeiro/RJ e Angra dos Reis/RJ (Sudeste); Florianópolis/SC e Curitiba/PR (Sul).

“Não tenho dúvida de que ações como essa farão a diferença no futuro e serão lembradas pela sua perenidade. Contem conosco para que a gente consiga construir um modelo que realmente auxilie o turismo e resulte em emprego e renda para a população”, declarou Gilson Machado Neto, ministro do Turismo.

As cidades que integram o projeto-piloto de criação de DTIs vão passar por um diagnóstico que apontará uma estratégia para o desenvolvimento do turismo local de forma inovadora e interativa, além da capacitação de gestores locais do setor. Com base nos resultados da avaliação e de acordo com as principais necessidade e possibilidades, cada município definirá seu cronograma de implantação.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, celebrou avanços na parceria junto ao MTur e destacou o potencial de crescimento do turismo com a disponibilidade de destinos inteligentes. “O nosso país é maravilhoso! Eu vejo o Brasil como um dos protagonistas do turismo no planeta, e temos todas as condições para isso. A gente precisa colocar infraestrutura adequada para atender bem os turistas do próprio país e de fora que vêm visitar o Brasil”, sustentou o ministro.

CÂMARA DO TURISMO

A criação de DTIs é trabalhada pela Câmara de Turismo 4.0, formada por integrantes dos dois ministérios. Segundo o secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do MTur, William França, a ação proporcionará experiências inovadoras aos visitantes. “A intenção é termos destinos que consigam transmitir experiências inovadoras e únicas, com destinos mais competitivos e atraentes”, declarou.

 

Fonte: Bem Paraná

Veja Também