BLOG

Roteiro Cultural apresenta exposições de Curitiba

Passeios e atrativos

Roteiro Cultural apresenta cinco exposições imperdíveis pelos museus de Curitiba

Neste roteiro, a Secretaria da Comunicação Social e da Cultura selecionou cinco das principais exposições em cartaz nos museus do Estado do Paraná em Curitiba.

Montadas durante as restrições de circulação, as exposições seguem as regras sanitárias como uso obrigatório de máscara, distanciamento social entre os visitantes e disponibilidade de álcool em gel. As instituições selecionadas estão na mesma área (entre Centro, Centro Cívico e Centro Histórico), facilitando o deslocamento entre os museus.

SCHWANKE, UMA POÉTICA LABIRÍNTICA (MON)

Foto: Kraw Penas/SECC

O Museu Oscar Niemeyer (MON) apresenta o artista Luiz Henrique Schwanke (1951-1992), um dos mais premiados da arte brasileira. O artista se destaca por estender sua arte para variadas formas, que incluem desenhos, pinturas, livros, objetos, esculturas e instalações, num conjunto complexo e surpreendente. Com curadoria de Maria José Justino, a mostra faz uma retrospectiva do trabalho do artista desde a década de 1970 até as últimas produções, totalizando mais de 150 obras, sendo boa parte inédita.

Endereço: Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico

Horário: Terça a domingo, das 10h às 18h

Valor: R$ 20 e R$ 10 (meia)

EDUCAÇÃO PELA PEDRA (MUPA)

Foto: SECC

As obras de importantes artistas contemporâneos, reunidas no espaço de exposição do Museu Paranaense (MUPA), têm ou não a pedra como referência direta, mas de alguma forma remete às lições do poema Educação pela Pedra, escrita por João Cabral de Melo Neto em 1966: a resistência, a concretude, a concisão e a impessoalidade. Marcando a parceria entre o MUPA e a Fundação Joaquim Nabuco, a mostra tem curadoria de Moacir dos Anjos e apresenta obras audiovisuais, instalações e fotografias.

Endereço: Rua Kellers, 289 – Alto São Francisco

Horário: Terça a domingo, das 10h às 17h30. Aos finais de semana é necessário fazer agendamento prévio

Valor: Entrada gratuita

VERDEAZUL – MOSTRA INDIVIDUAL DE DULCE OSINSKI (MAC)

Foto: Kraw Penas/SECC

O Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC) apresenta a exposição inédita Verdeazul, da artista paranaense Dulce Osinski. Nas palavras do curador Benedito Costa Neto, “a humanidade demorou séculos para ver o mundo de cima”, e Dulce apresenta paisagens a partir de uma perspectiva que dá a sensação de “sermos deuses”  ou anjos, observando o mundo do alto.

A exposição abrange pinturas, gravuras e aquarelas produzidas entre 2008 e 2021, e é acompanhada de uma segunda mostra complementar, realizada na Sala Adalice Araújo (na sede da Superintendência-Geral da Cultura) onde o público pode conhecer outros trabalhos de Dulce, que fazem parte da coleção do MAC Paraná.

MAC no MON

Endereço: Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico

Horário: Terça a domingo, das 10h às 18h

Valor: R$ 20 e R$ 10 (meia)

Sala Adalice Araújo

Endereço: Rua Ébano Pereira, 240 – Centro

Horário: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 18h

Valor: Entrada gratuita

MOSTRA PERMANENTE (MCAA)

Foto: Meseu Alfredo Andersen

A mostra permanente do Museu Casa Alfredo Andersen (MCAA) é focada nas obras do pintor em seus três períodos: norueguês (1873-1892), litorâneo (1892-1902) e curitibano (1902-1935). É perceptível em sua arte como o ambiente e o clima influenciaram Andersen em cada momento de sua vida: das paisagens, que transitam entre o realismo e o romantismo, até os retratos de sua fase final, carregadas de uma emoção pura, como escreveu a crítica Adalice Araújo.

Endereço: Rua Mateus Leme, 336 – Centro

Horários: Terça a sexta-feira, das 10h às 17h30; sábados e domingos, das 10h às 16h

Valor: Entrada gratuita

ILHAS DA IMAGINAÇÃO (MIS-PR)

Foto: Kraw Penas/SECC

A exposição do Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR) conta com aproximadamente mil itens, entre câmeras fotográficas, filmadoras, moviolas, toca-discos, vitrolas, televisores, projetores e muitos outros equipamentos ligados às áreas de cinema, fotografia, rádio e televisão, doados ao museu pela comunidade, veículos de comunicação e instituições locais.

Endereço: Rua Barão do Rio Branco, 395 – Centro

Horário: Terça a sexta-feira, das 10h às 17h; sábados e domingos, das 10h às 16h

Valor: Entrada gratuita

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Veja Também