BLOG

Turismo religioso em Curitiba

Conheça Curitiba

O turismo religioso é o terceiro com mais atrativos no estado e Curitiba conta com uma rota pelo centro da cidade.

Dentre 2415 atrações turísticas espalhadas pelo Paraná, os destinos relacionados com o espiritual ou religioso são um dos segmentos com grande destaque, alcançando o terceiro lugar no número de atrativos mapeados, em levantamento realizado pela Paraná Turismo. De acordo com a pesquisa, são 299 pontos de interesse relacionados com o turismo religioso, ficando atrás de turismo de negócios e eventos (711) e turismo cultural (499).

Alguns dos mais significativos para o público são as rotas de peregrinação. Divididas entre tradições católicas e africanas, essas rotas passam por capelas, santuários, museus e trechos importantes para conhecer a história das religiões ou apenas apreciar as paisagens do caminho.

De acordo com a diretora técnica da Paraná Turismo, Isabella Tioqueta, há uma alta demanda pelo turismo religioso no estado, mas com a pandemia, o engajamento caiu significativamente. Segundo ela, as rotas contribuíram para a volta de um movimento mais ativo. “No âmbito religioso, o turismo não é a atividade fim principal, então houve a possibilidade de continuar com as missas, por exemplo, mas vários atrativos ficaram fechados para visitas na pandemia. Agora temos percebido um movimento mais ativo, a maioria das pessoas busca viajar para lugares mais próximos, que não conheciam antes. Estamos vendo uma retomada”.

TURISMO RELIGIOSO EM CURITIBA

Um dos destaques do turismo religioso são as atrações voltadas às matrizes africanas. Atualmente existem monumentos e museus, além de outros espaços destinados ao encontro de grupos religiosos com tradições como Candomblé e Umbanda, também símbolos de resistência à escravidão.

A cidade de Curitiba se destaca com o projeto Linha Preta Curitiba, rota que auxilia na compreensão da história da população negra na capital paranaense. O trajeto fica no Centro da cidade e pode ser feito a pé.

O trajeto da Linha Preta visita 21 pontos e a maior parte da rota está localizada no Centro Histórico de Curitiba. Alguns pontos visitados são as Ruínas de São Francisco, a Igreja do Rosário (que já foi chamada de Igreja do Rosário dos Homens Pretos de São Benedito), as Arcadas do Pelourinho, o Memorial de Curitiba, a Praça Tiradentes, a Sociedade 13 de maio, o Memorial Africano (localizado na Praça Zumbi dos Palmares) e o Viaduto do Capanema (local onde surgiu a primeira escola de samba de Curitiba). Para agendar uma visita, é preciso acessar o site do projeto.

Site: https://linhapretacuritiba.wixsite.com/linha-preta

Foto: Divulgação

Fonte: Gazeta do Povo

Veja Também